Dicas

Desabafo de um InDie

Claudinho Rainho aluno da Camaleão, Fatec, InDie gamer e produtor do game Cube Runner comenta um pouco abaixo sua experiência nessa fase final de produção do seu game produzido em Unity3d e Blender.

Claudinho Rainho – claudinho_xd94@hotmail.com

Desenvolver jogos, a um tempo atras parecia mais fácil , eu falava “ha eu faço esse jogo em uma semana ” e aqui estou eu no meio do segundo mês de desenvolvimento, pensei que seria simples, afinal a ideia original do jogo era simples porem a motivação me deixou cego e não parei de acrescentar coisas, sempre apliquei ideias novas no jogo, agora percebo a burrada que fiz, claro que o jogo esta legal e tudo mais , porem eu poderia ter aproveitado melhor essa ideia que tive, eu planejei um game com 30 fases “isso é de certa forma muito ” dependendo do tamanho e a complexidade delas, eu deveria ter feito dois games cada um com 15 teria sido mais proveitoso, ou até menor, infelizmente não posso voltar para trás agora já estou finalizando o jogo, mais como desenvolvedor indie”no meu caso eu faço tudo sozinho ” recomendo a todos que querem começar a desenvolver um jogo seja ele gratuito ou comercial façam ele o mais simples possível, para que não se desanimem no meio do caminho , quando uma pessoa sozinha desenvolve um jogo ela se pergunta varias vezes se o que ela esta fazendo esta bom, se as pessoas vão gostar, a cada comentário negativo ela se quebra e se desanima mais e mais, eu graças a Deus não recebi nenhum comentário negativo sobre o meu jogo , porem recebi inúmeros comentários construtivos, mais diversas vezes tive outras ideias para jogos e quis dar um tempo no Cube-Runner deixar ele de lado e tudo mais , porem de alguma forma consegui me conter e voltar para a ter foco mais isso só aconteceu por que fui exagerado quis fazer um game relativamente grande e estou arcando com as consequências, então não esqueça, sempre que for fazer um game faça ele simples com poucas fazes e objetivo deixe as pessoas com aquele “eu quero mais” é melhor do que você se perder no meio do caminho do desenvolvimento, claro que quando eu terminar esse projeto vou continuar com ele mais vou usar de sabedoria, vou colocar meu lado criativo em prática e fazer mini games com o meu personagem e minha história, eu descobri que não preciso de um game grande, não preciso de um jogo com 1 ou 2 horas de game play para agradar as pessoas, eu só preciso de um jogo que deixem elas felizes enquanto jogam, eu notei isso quando pedi para algumas pessoas testarem o jogo de verdade, pessoas que não conheciam ainda e me surpreendi com a reação delas, e pensei poxa todas as ideias que eu tenho podem ser viáveis, porem o tempo que eu perco querendo fazer um jogo grandioso eu poderia está fazendo um jogo menor com menos game play porém divertido, aquele jogo que a pessoa espera pela continuação.
espero que esse “desabafo” comentário seja útil para alguém ou para mim mesmo , e se você chegou a ler até aqui parabéns ou você acompanha o meu jogo ou simplesmente ficou curioso, para saber o que era tantas palavras, meu único conselho é depois de escrever tudo isso é foque suas idéias em coisas relativamente possíveis, não viaje na maionese não queira fazer o seu jogo simples com uma porrada de fazes, não faça isso você vai acabar morrendo na praia 🙂 .

então é isso pessoal até a próxima.

Claudinho Rainho – claudinho_xd94@hotmail.com

Deixe uma resposta

Comentários
Nome*
e-mail*
Website*